Notícias de Costa Marques e Região

Sexta-feira, 12 de Abril de 2024

Notícias/Agro

Emater Local e Secretaria Municipal de Agricultura investe em nova forrageira para melhorar a produtividade leiteira

o objetivo do projeto e oportunizar aos produtores novas fontes de alimentação para o rebanho de gado de leite.

Emater Local e Secretaria Municipal de Agricultura investe em nova forrageira para melhorar a produtividade leiteira
Imagens
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O fornecimento de forragem no período seco evitará a perda de produtividade dos criadores de gado de leite, com isso a parceria formada entre a Secretaria Municipal de Agricultura, Escritório da Emater de Costa Marques com o apoio da Associação dos Produtores Rurais do Setor Serra Grande - ASPROSEG e da Agroindústria Ouro Fino; O município de Costa Marques terão uma nova forrageira para suplementação alimentar do rebanho.

Com o apoio da Regional Emater - São Francisco do Guaporé, o escritório da Emater de Costa Marques em parceria com Secretaria Municipal de Agricultura, implantou 1,0 hectares de capim elefante variedade Capiaçu, que serão distribuídas mudas gratuitas aos  produtores da região, segundo o gerente local da Emater Jorge Mugrabi, essa forrageira foi desenvolvida pela Embrapa gado de leite e registrada em 2015; O Capiaçu caracteriza-se pelo alto rendimento de matéria seca, elevado teor de proteína e menor custo quando comparada com outras forrageiras e cana de açúcar.

Jaqueline Rosa gerente Regional da Emater, relatou que "essa variedade tem encantado produtores rurais em todas as regiões do Estado e não seria diferente no Vale do Guaporé, principalmente pelas características morfológicas da planta, que tem porte alto, cresce até quatro metros, tem folhas largas e crescimento ereto o que facilita o corte. Possui alto rendimento de biomassa, alcançando até 300 toneladas de massa verde por hectare/ano; O Capiaçu é um capim com alto valor nutritivo, que apresenta um teor de proteína de até 10%, é uma forrageira que pode ser usada verde picada no cocho, ou na forma de silagem e neste caso com uma redução dos custos de até 70% em relação a silagem de milho, para o secretário municipal de agricultura Luiz Pinho, agradeceu as parcerias e que principal objetivo e fornecer mudas para aumento da produção no Município, beneficiando os agricultores locais.

 

FONTE/CRÉDITOS: Fonte: Assessoria
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!